O Conceito IAA

A Intervenção Assistida por Animais (IAA) é uma intervenção com objetivos orientados e estruturados que intencionalmente incorpora animais aos campos da saúde e educação com a finalidade de obter ganhos terapêuticos em humanos.

O animal é o agente facilitador desse processo, fazendo com que o assistido se sinta mais seguro e motivado para interagir com o seu interlocutor e com o ambiente.

Os Benefícios da IAA

  • Exercícios e estímulos variados relativos à motricidade.
  • Estabilização da pressão arterial e reações químicas positivas.
  • Afastamento do estado de dor.
  • Encorajamento das funções da fala.
  • Estímulo à memória.
  • Diminuição da depressão e medicação psicotrópica e analgésica.
  • Diminuição de sintomas de ansiedade.

    Fonte: IAHAIO, White Paper, 2018

As Vantagens

  • Desenvolve a autoestima e a autoconfiança.
  • Recreação, diversão e afastamento do isolamento.
  • Facilita a socialização e integração.
  • Oportunidade de comunicação e sentido de convivência.
  • Aumento do interesse em participar da terapia.
  • Desvia a atenção para um objeto exterior, fora dos problemas.

Pré-requisitos para o Cão

  • Ter, no mínimo, 1 ano e 6 meses e, no máximo, 6 anos e
    11 meses;
  • Ser castrado;
  • Estar vacinado e vermifugado;
  • Ser sociável com pessoas e outros cães;
  • Ser dócil e confiante;
  • Gostar de dar e receber carinho;
  • Ser adestrado por meio de reforço positivo (saber comandos de obediência);
  • Entre outros.

Seleção e Treinamento

A seleção e o treinamento de voluntários e cães terapeutas consiste em etapas obrigatórias e eliminatórias:

  • Reunião de apresentação do Instituto;
  • Avaliação de comportamento do cão em grupo;
  • Três visitas sem cão nas Instituições;
  • Participação em um evento de socialização de cães;
  • Entrevista com o candidato;
  • Avaliação de saúde e comportamento do cão.

Seleção e Treinamento

A seleção e o treinamento de voluntários e cães terapeutas consiste em etapas obrigatórias e eliminatórias:

  • Reunião de apresentação do Instituto;
  • Avaliação de comportamento do cão em grupo;
  • Três visitas sem cão nas Instituições;
  • Participação em um evento de socialização de cães;
  • Entrevista com o candidato;
  • Avaliação de saúde e comportamento do cão.

Quer ser um Voluntário?

As vagas para novos voluntários, com ou sem cão, são divulgadas via newsletter ou na fan page do Instituto no Facebook.